×
Compartilhar Inscreva-se

7 falhas comuns da segurança digital que prejudicam a produtividade

mulher-com-as-mãos-na-cabeça

O maior desafio de uma empresa é garantir a segurança digital do negócio. Mesmo porque, uma certeza que nós temos, é que os dados formam o mais valioso do negócio.

Perder, ter os dados roubados ou sequestrados pode, sobretudo, trazer grandes prejuízos. Ou, até ser uma fatalidade para a sua empresa. Portanto, para evitar que isso aconteça, é crucial ter uma estratégia de segurança da informação robusta e sem falhas.

No entanto, quais são essas possíveis falhas? Existe uma série de problemas que podem prejudicar a sua produtividade. Deixar sua infraestrutura de TI vulnerável é apostar na sorte. E, vamos aos fatos: não é uma escolha inteligente.

Então, nesse artigo, trouxemos as 7 falhas mais comuns, que prejudicam a sua produtividade. Continue a sua leitura e previna-se!

Por que é importante garantir a segurança digital da sua empresa?

Sejamos sinceros: hoje, ao abrir uma página no navegador, todos esperam que este seja um ambiente seguro. E aqui, estamos falando de uma ação comum na rotina de qualquer pessoa.

Segurança digital na visão macro do negócio

Agora, quando trazemos essa discussão para o ambiente corporativo, nós elevamos a preocupação. Mesmo porque, clientes, fornecedores e stakeholders exigem a proteção das informações, para considerar o negócio com a sua empresa.

Segundo o Securing the Digital Economy: Reinventing the Internet for Trust 2020, 90% dos executivos de C. Level sentem que seu público confia muito mais em empresas que investem em segurança da internet. Além disso, esse aspecto é crucial para o crescimento do negócio.

Por isso, uma boa gestão é aquela que aplica as soluções TI como ferramenta para elevar o nível de maturidade digital do negócio. E assim, atingir resultados para a empresa, como:

  • Melhor performance na produtividade;
  • Otimização dos processos;
  • Melhora na imagem da empresa;
  • Manter o negócio competitivo.

Na visão micro do negócio

A principal ideia aqui é atender duas demandas cruciais. A primeira é a proteção para os usuários de rede, enquanto eles trabalham. A segunda, por sua vez, é a proteção dos dados, enquanto eles são acessados por esses usuários.

A primeira vista, parece algo óbvio e simples. Mas, se levarmos em consideração que grande parte das empresas adotaram o home office, ou, o trabalho híbrido, temos aqui um ponto de atenção.

Usuários que acessam a rede à distância, não possuem a proteção necessária em dispositivos que não recebem a cobertura firewall da empresa, modens de internet residenciais e equipamentos pessoais ou de uso compartilhado. Assim, ao acessarem a nuvem do negócio, ambos correm riscos.

mãos-masculinas-segurando-tablet-ligado

As 7 falhas de segurança digital

Agora que já falamos sobre a importância de se ter uma estratégia de segurança digital correta, vamos falar das 7 falhas que são muito comuns no ambiente corporativo. E que, sobretudo, trazem grandes prejuízos para a empresa.

1. Ferramentas de segurança desatualizadas

Uma das principais falhas de segurança digital, se não a maior, é o uso de antivírus e firewall desatualizados. Isso porque, os hackers se desenvolvem em uma velocidade muito alta. Sendo assim, quando os softwares de proteção não acompanham esse movimento, eles não protegem sua rede.

Por isso, é crucial manter esses recursos sempre atualizados. Sobretudo, analisando se existem opções mais robustas no mercado. Outro ponto importante, é verificar a possibilidade de deixar a atualização automática. Assim, reduz-se as chances de falhas.

2. Ausência de plano de contingência e falta de backup

É crucial entender que, quando seus dados são perdidos ou roubados, é necessário ter a garantia de recuperação rápida dessa base.

Por isso, não basta pensar apenas em invasões. É preciso tomar cuidados, pois os servidores podem parar de funcionar, os data centers podem ficar indisponíveis, entre vários outros problemas.

No entanto, se você conta com um backup que sempre recebe o upgrade, fica muito mais simples e rápido recuperar esses dados.

3. Sistemas obsoletos

Assim como os sistemas de proteção de rede, é crucial ter em mente que os programas usados nas operações da empresa devem estar atualizados.

Nesse ponto, portanto, é indicado investir em soluções que trazem mais escalabilidade, flexibilidade, qualidade, credibilidade e armazenamento seguro. A nuvem, por exemplo, é uma dessas soluções.

Por outro lado, manter os sistemas antigos coloca em risco toda a sua estratégia de segurança da informação.

4. Ausência de controle de acessos

Imagine que sua base de dados possui todas as informações de recursos humanos, ou do departamento comercial, por exemplo. Sem o controle desses acessos, qualquer usuário da rede pode consultar esse material.

É crucial, portanto, definir os níveis de acesso dentro do banco de dados, com base nos cargos. Com isso, os dados ficam disponíveis apenas para seus responsáveis.

5. Liberação de dispositivos de armazenamento

Como manter os dados restritos ao ambiente corporativo, se a sua rede aceita a conexão com cartões de memória, HDs externos, pen-drives, entre outros dispositivos?

Além de trazer muitas ameaças para o ambiente virtual, a partilha de dados fica livre, tornando ainda mais fácil o seu vazamento.

6. Falta de regras e normas dos procedimentos

Uma rede de dados segura é aquela que possui uma política de conduta no uso da internet, dentro do mundo corporativo. Para tanto, é necessário pensar na permissão sobre:

  • Redes sociais;
  • Conta do administrador, para algum fim específico;
  • Abertura de e-mail pessoal.

Na ausência dessas regras, além do vazamento voluntário de dados, sua rede fica frágil.

7. Profissionais sem preparo para a segurança digital

Esse, sem dúvidas, é o problema que traz todos os citados acima, como resultado. Treinamentos e capacitações feitos de forma errada, em especial, sobre o uso de softwares específicos, se tornam ineficientes.

No entanto, é crucial ter profissionais que entendam do assunto, sejam internos ou uma empresa contratada, pode ser o caminho para eliminar essa falha.

Agora que conhece as falhas, você consegue identificá-las dentro da sua empresa? Como está a infraestutura de TI do seu negócio, sobre a segurança digital? Para garantir que nenhum desses problemas aconteça, é crucial estudar todas essas questões e achar as melhores soluções para o seu negócio.

Em nosso blog, você pode conferir mais sobre o assunto. Acesse e confira.

Compartilhe

Junte-se a nossa lista de leitores.

Receba em primeira mão dicas e novidades da Qualiserve!

Campo obrigatório
Email inválido

Deseja receber e-mails sobre os serviços da Qualiserve? Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Selecione uma opção.
Ao informar seus dados, você concorda com a Política de Privacidade.

Agora estamos prontos para ajudar você!

Você receberá todos os nossos conteúdos e dicas exclusivas.


© Copyright • Qualiserve - IT Experience •
Política de privacidade • Dev by 2op